Notícias

24/10/2019

Veja como estudar Direito Administrativo para concursos!

Estudar para concursos, no geral, depende de muito empenho. A disciplina do Direito Administrativo, por exemplo — com sua carga teórica densa e termos jurídicos que devem ser memorizados — pode tirar o sono até de quem tem facilidade com o tema.

Além disso, há outros desafios e dificuldades para estudar essa e outras matérias: alguns têm pouco tempo, outros ficam tão ansiosos que acabam vendo a sua capacidade de concentração diminuir. O mais comum, no geral, é que o concurseiro perca tempo estudando errado.

Conhecer um pouco de didática e conduzir as horas dedicadas ao assunto de uma maneira mais equilibrada faz muita diferença. E foi por isso que preparamos este post.

Nele, você vai receber dicas para ajudá-lo a aprimorar o seu processo cognitivo. O objetivo é que, depois de ler, você consiga aproveitar melhor o seu tempo de estudos no Direito Administrativo, rendendo mais sem ter que se dedicar por mais horas. Leia até o fim!

6 dicas para estudar Direito Administrativo

As orientações abaixo estão organizadas em uma ordem, digamos, cronológica. Assim, você vai encontrar uma espécie de passo a passo desde o momento em que decide começar nos estudos e, a partir daí, organizar o seu tempo segundo uma lógica que faça sentido para o seu processo cognitivo.

Evite se entregar às disciplinas sem passar pelas etapas preliminares (analisar o edital, dividir o tempo de estudo etc). Caso contrário, a ansiedade o fará começar errado, e você vai perder tempo, em vez de otimizar os estudos.

Leve em consideração também que métodos de estudo são pessoais. Há dicas que ajudam, mas você deve respeitar seus próprios processos, avaliando o que funciona melhor para o seu caso.

1. Analise o edital

Ler essa dica em um post como este pode parecer trivial e óbvio. Mas responda: quantas vezes você se entregou aos estudos do que quer que seja sem ler o edital de uma prova ou exame?

Esse erro é muito comum, e talvez o mais grave. E não estamos falando isso apenas porque é no edital que você sabe o que vai cair na prova de Direito Administrativo. O fato é que outras informações determinantes estão lá: peso de cada assunto, se vai ser cobrada a memorização de termos jurídicos ou apenas a sua interpretação em certos contextos etc.

Comece lendo esse documento e fazendo anotações. Essas notas que você tomar vão servir para elaborar a próxima etapa pré-estudos: um cronograma.

2. Dividida tempo de estudo

Há duas variáveis que, se conjugadas corretamente, compõem um bom cronograma de estudos: o tempo que você tem disponível e a importância de cada área do Direito Administrativo na prova, segundo o edital.

Com essas duas informações, você já pode distribuir a quantidade de conteúdo pelo número de horas — dando maior ênfase às disciplinas com peso maior — e o seu cronograma está pronto.

Lembre-se, também, de que a assiduidade dos estudos é muito mais importante do que o número de horas que você tem para estudar. Ou seja, dedicar-se um pouquinho todo dia é melhor do que ficar várias horas por conta nos fins de semana, por exemplo.

3. Estude o que cai mais

Ainda sobre o tópico do aproveitamento do tempo: tradicionalmente, cada concurso privilegia certas áreas e temas do Direito Administrativo. Descobrir quais são esses temas não é difícil se você dedicar um tempo a examinar provas antigas na internet.

Caso faça um curso preparatório, experimente conversar a respeito com colegas e professores. Eles são ótimos em antecipar tendências com base nos anos anteriores.

4. Resolva muitas questões

Não importa o quanto estude, você nunca vai chegar para fazer a prova sabendo tudo que vai cair. O seu sucesso nas disciplinas de Direito para concurso depende, principalmente, da sua capacidade de utilizar o conhecimento que tem para inferir informações sobre aquilo que não conhece.

A melhor prática para desenvolver esse hábito é resolver questões de provas antigas. Com o tempo, você vai percebendo que estabelecer conexões sobre assuntos que não estudou também o leva a acertar questões na prova.

Aliás, essa dica vale para cursos de especialização na área de Direito ou fora dela, concursos, vestibular, pós-graduação EAD e presencial e qualquer outro tipo de prova.

5. Faça uso da tecnologia

Hoje em dia, há inúmeros recursos tecnológicos que ajudam no aprendizado. Abaixo, você confere uma listinha:

organize sua rotina de estudos no Google Agenda;
faça suas anotações e as divida em cadernos no Evernote;
divida seu tempo de estudos e aumente a produtividade usando o app ClockWork Tomato;
veja conteúdo educacional em vídeo na plataforma TED.

6. Organize os estudos por assunto

Se você tem uma rotina de estudos apertada pelo pouco tempo, é uma ótima ideia variar os temas estrategicamente. Cognitivamente falando, estamos mais propensos a confundir temas parecidos se eles estiverem muito próximos entre si no nosso cronograma.

Assim, por exemplo, se você tirou a primeira parte da manhã de segunda (entre 8 e 9 da manhã, digamos) para se dedicar ao tema Licitação e Contratos, não coloque nada muito semelhante logo depois.

Vá direto a um outro tópico bem diferente, como Administração Direta e Indireta, por exemplo. Isso facilita o processo de memorização e descansa o seu cérebro, que passa a ser estimulado de uma maneira diferente a cada 60 minutos.

É claro que você depende de esforço e empenho para ter bons resultados em uma prova de Direito Administrativo. No entanto, se souber aliar essa força de vontade a técnicas de estudo que potencializem suas horas com as apostilas, suas chances de sucesso serão muito maiores.

Esperamos que as dicas que demos aqui — assim como os aplicativos que sugerimos — sirvam como um primeiro passo nesse sentido. E que o Direito Administrativo deixe de ser, definitivamente, um bicho de sete cabeças para você.

E se quiser reunir os estudos para concurso com uma pós-graduação que permita o acesso a uma prova de títulos ou pontos extras, entre em contato conosco. Nossos cursos relacionados ao Direito Administrativo podem ajudá-lo nisso!



Voltar
  • Pós Graduação e MBA em Administração
  • Pós Graduação e MBA em Administração Pública
  • Pós Graduação e MBA em Auditoria e Contabilidade
  • Pós Graduação e MBA em Bares e Restaurantes
  • Pós Graduação e MBA em Ciências Sociais
  • Pós Graduação e MBA em Comunicação Social
  • Pós Graduação e MBA em Contabilidade
  • Pós Graduação e MBA em Direito
  • Pós Graduação e MBA em Docência
  • Pós Graduação e MBA em Economia
  • Pós Graduação e MBA em Educação
  • Pós Graduação e MBA em Educação Especial
  • Pós Graduação e MBA em Educação Física
  • Pós Graduação e MBA em Empresarial
  • Pós Graduação e MBA em Enfermagem
  • Pós Graduação e MBA em Engenharia
  • Pós Graduação e MBA em Farmácia
  • Pós Graduação e MBA em Ferramentas para Gestão
  • Pós Graduação e MBA em Filosofia
  • Pós Graduação e MBA em Finanças
  • Pós Graduação e MBA em Fisioterapia
  • Pós Graduação e MBA em Fonoaudiologia
  • Pós Graduação e MBA em Gerenciamento de Projetos
  • Pós Graduação e MBA em Gestão de Pessoas
  • Pós Graduação e MBA em Gestão e Negócios
  • Pós Graduação e MBA em Gestão Imobiliária
  • Pós Graduação e MBA em Gestão Pública
  • Pós Graduação e MBA em Gestão Turismo
  • Pós Graduação e MBA em Idiomas
  • Pós Graduação e MBA em Letras
  • Pós Graduação e MBA em Licenciaturas
  • Pós Graduação e MBA em Línguas e Literatura
  • Pós Graduação e MBA em Logística
  • Pós Graduação e MBA em Marketing
  • Pós Graduação e MBA em Matemática
  • Pós Graduação e MBA em MBA
  • Pós Graduação e MBA em Medicina
  • Pós Graduação e MBA em Medicina Veterinária
  • Pós Graduação e MBA em Meio Ambiente
  • Pós Graduação e MBA em Novos
  • Pós Graduação e MBA em Nutrição
  • Pós Graduação e MBA em Odontologia
  • Pós Graduação e MBA em Planejamento Estratégico
  • Pós Graduação e MBA em Psicologia
  • Pós Graduação e MBA em Recursos Humanos
  • Pós Graduação e MBA em Saúde
  • Pós Graduação e MBA em Saúde da Família
  • Pós Graduação e MBA em Segurança no Trabalho
  • Pós Graduação e MBA em Segurança Pública e Inteligência
  • Pós Graduação e MBA em Serviço Social
  • Pós Graduação e MBA em Sociologia
  • Pós Graduação e MBA em Tecnologia da Informação
  • Pós Graduação e MBA em Teologia
  • Pós Graduação e MBA em Vendas
  • Formação Pedagógica (R2) em Educação
  • Segunda Licenciatura em Educação
  • Extensão em Administração
  • Extensão em Auditoria e Contabilidade
  • Extensão em Ciências Sociais
  • Extensão em Comunicação Social
  • Extensão em Contabilidade
  • Extensão em Direito
  • Extensão em Docência
  • Extensão em Economia
  • Extensão em Educação
  • Extensão em Educação Especial
  • Extensão em Educação Física
  • Extensão em Empresarial
  • Extensão em Enfermagem
  • Extensão em Engenharia
  • Extensão em Filosofia
  • Extensão em Finanças
  • Extensão em Fisioterapia
  • Extensão em Fonoaudiologia
  • Extensão em Gestão de Pessoas
  • Extensão em Gestão e Negócios
  • Extensão em Gestão Pública
  • Extensão em Idiomas
  • Extensão em Inteligência e Segurança
  • Extensão em Letras
  • Extensão em Logística
  • Extensão em Marketing
  • Extensão em Matemática
  • Extensão em Medicina Veterinária
  • Extensão em Meio Ambiente
  • Extensão em Novos
  • Extensão em Nutrição
  • Extensão em Psicologia
  • Extensão em Recursos Humanos
  • Extensão em Saúde
  • Extensão em Saúde da Família
  • Extensão em Segurança no Trabalho
  • Extensão em Segurança Pública e Inteligência
  • Extensão em Serviço Social
  • Extensão em Sociologia
  • Extensão em Tecnologia da Informação
  • Extensão em Teologia