Notícias

06/02/2019

Tudo o que você precisa saber sobre a prova de títulos!

Os concursos públicos são muito comuns no Brasil. De olho em empregos atrativos nas mais diversas áreas, os interessados investem em cursinhos preparatórios para as provas objetivas e dissertativas. Entretanto, alguns deles desconhecem o que é a prova de títulos.

Ser aprovado em um certame é sinônimo de emprego certo, mesmo em tempos de crise. Com a esperança de alcançar o sonho da estabilidade no trabalho, muitas pessoas se dedicam meses e até anos para conseguirem a tão sonhada vaga.

Preocupadas com o futuro, abrem mão de seu tempo de lazer e com a família em prol de um objetivo maior. Diante de um quadro no qual a disputa é tão acirrada, sua formação acadêmica e sua experiência profissional na área podem fazer toda a diferença.

Neste post, você entenderá o que é a prova de títulos, conhecerá mais detalhes sobre ela e descobrirá como pode somar alguns pontinhos a mais a sua nota final. Se você pretende ter um cargo público, não deixe de ler até o final!

O que é a prova de títulos?

A legislação brasileira no inciso II do artigo 37 da Constituição Federal define que os concursos públicos podem optar por usar apenas provas ou, além delas, exigir a prova de títulos. Na parte eliminatória podem ser aplicadas provas objetivas, dissertativas, orais e de capacidade física.

Os aprovados nas provas eliminatórias são convocados para a prova de títulos. Isso costuma acontecer alguns dias após a divulgação do resultado da etapa anterior, então não espere para providenciar o que for necessário.

A prova de títulos nada mais é do que uma análise de toda a vida acadêmica do candidato. Nessa fase deverão ser apresentados os devidos diplomas e certificados que comprovem sua formação. Eles servirão para a banca examinadora definir qual candidato se apresenta mais bem preparado acadêmica e profissionalmente para assumir a vaga em questão.

Trata-se de toda sua vida de dedicação ao estudo. Portanto, não é uma preparação que acontece de uma hora para outra. Procure conhecer quais cursos são aceitos para a vaga que você pretende e invista na conquista de tais certificados. Se o edital não foi publicado ainda, pesquise sobre o assunto nos anteriores.

Não podem ser feitas discriminações, como valorizar mais um curso feito em uma certa instituição mais famosa em detrimento de outra. Também não pode ser feita diferença entre o mesmo curso feito de forma presencial ou a distância.

Não existe uma única forma de se considerar a pontuação para essa fase. Cada edital pode considerar diferentes documentos e atribuir a eles diferentes pontuações, porém, tudo deverá estar muito bem especificado nele de modo que todos saibam previamente quais títulos serão considerados na avaliação e de que modo ela ocorrerá.

Geralmente, eles são exigidos para cargos mais altos ou mais específicos e, conforme a importância da formação acadêmica ou da experiência profissional para o exercício da função, mais peso pode ser dado a prova de títulos.

No caso dos concursos para a área de magistratura ou do Ministério Público, por exemplo, é exigida a comprovação de três anos de atividade jurídica. Já para quem pretende lecionar, os cursos de especialização e aperfeiçoamento são muito bem-vistos.

Os concursos sempre estabelecem uma pontuação máxima a ser considerada para cada quesito, por isso, é muito importante ler atentamente todo o edital e não ter nenhuma dúvida sobre ele. Se achar necessário, entre em contato com a banca organizadora e tenha certeza de que todas suas perguntas sobre o concurso foram respondidas.

A prova de títulos pode eliminar um candidato?

Fique sossegado, pois a prova de títulos tem caráter classificatório e não eliminatório, ou seja, ela atribui alguns pontos a mais na nota final de cada concorrente e funciona como uma espécie de critério de desempate. Por outro lado, sabemos que a concorrência nos concursos públicos tem sido cada vez maior.

Diante disso, cada ponto é importante e pode ser um grande diferencial para estar à frente de outros candidatos. Ela agrega valor e aumenta suas chances de aprovação no concurso. Uma pontuação mais alta também garante alguns benefícios como, entre todos os aprovados, poder escolher primeiro o local onde você deseja trabalhar.

Isso não quer dizer que, se você não reunir muitos títulos, não conseguirá aprovação. Se esse for seu caso, você terá que se esforçar o máximo para conseguir uma pontuação bem alta nas outras etapas do concurso — porém, com tanta concorrência, dá para perceber que toda ajuda para conseguir pontinhos é bem-vinda.

O resultado final apresenta a pontuação do candidato já contando com a prova de títulos, demonstra qual foi sua classificação e é publicado no site da organizadora. O resultado homologado significa exatamente a mesma coisa, porém tem sua publicação no Diário Oficial e dá início ao prazo de validade do concurso.

Quais documentos são considerados na prova de títulos?

Todos os cursos e qualificação que foram previamente informados devem ser comprovados. Os documentos aceitos variam de acordo com cada edital. Entretanto, podemos dizer que alguns costumam ser considerados com mais frequência. É o caso do:


Outros menos recorrentes, mas que também podem ser encontrados nos editais são:

  • cursos profissionalizantes;
  • cursos de aperfeiçoamento;
  • publicação de trabalhos científicos;
  • publicação de livros;
  • premiações. 
Verifique no edital como deverá ser feita a comprovação dos títulos e de que forma eles deverão ser enviados — pessoalmente ou via Correios? Se este último for o caso, por carta registrada ou por Sedex? Em alguns casos, os editais exigem que as cópias enviadas sejam autenticadas em cartório.

Como geralmente o candidato não tem muitos dias para entregar todos os documentos, o ideal é que você já os separe já no início de todo o processo. Assim, você garantirá que não haverá surpresas desagradáveis e evitará dores de cabeça.

Lembre-se de que um candidato não será reprovado se não tiver vários títulos, mas ganhará valiosos pontos extras se os tiver. Em uma situação que exige tanto investimento e disciplina, não dá para deixar passar nenhum detalhe.

Leia o edital várias vezes, fique atento às exigências, mantenha o foco, dedique-se ao estudo e separe seus diplomas e certificados para a prova de títulos. Fique atento aos prazos para não perder nada.

Agora que você já sabe mais sobre o assunto, não deixe de ler o guia definitivo de técnicas de estudo para concurso público!



Voltar
  • Pós Graduação e MBA em Administração
  • Pós Graduação e MBA em Administração Pública
  • Pós Graduação e MBA em Auditoria e Contabilidade
  • Pós Graduação e MBA em Bares e Restaurantes
  • Pós Graduação e MBA em Ciências Sociais
  • Pós Graduação e MBA em Comunicação Social
  • Pós Graduação e MBA em Contabilidade
  • Pós Graduação e MBA em Direito
  • Pós Graduação e MBA em Docência
  • Pós Graduação e MBA em Economia
  • Pós Graduação e MBA em Educação
  • Pós Graduação e MBA em Educação Especial
  • Pós Graduação e MBA em Educação Física
  • Pós Graduação e MBA em Empresarial
  • Pós Graduação e MBA em Enfermagem
  • Pós Graduação e MBA em Engenharia
  • Pós Graduação e MBA em Farmácia
  • Pós Graduação e MBA em Ferramentas para Gestão
  • Pós Graduação e MBA em Filosofia
  • Pós Graduação e MBA em Finanças
  • Pós Graduação e MBA em Fisioterapia
  • Pós Graduação e MBA em Fonoaudiologia
  • Pós Graduação e MBA em Gerenciamento de Projetos
  • Pós Graduação e MBA em Gestão de Pessoas
  • Pós Graduação e MBA em Gestão e Negócios
  • Pós Graduação e MBA em Gestão Imobiliária
  • Pós Graduação e MBA em Gestão Pública
  • Pós Graduação e MBA em Gestão Turismo
  • Pós Graduação e MBA em Idiomas
  • Pós Graduação e MBA em Letras
  • Pós Graduação e MBA em Licenciaturas
  • Pós Graduação e MBA em Línguas e Literatura
  • Pós Graduação e MBA em Logística
  • Pós Graduação e MBA em Marketing
  • Pós Graduação e MBA em Matemática
  • Pós Graduação e MBA em MBA
  • Pós Graduação e MBA em Medicina
  • Pós Graduação e MBA em Medicina Veterinária
  • Pós Graduação e MBA em Meio Ambiente
  • Pós Graduação e MBA em Novos
  • Pós Graduação e MBA em Nutrição
  • Pós Graduação e MBA em Odontologia
  • Pós Graduação e MBA em Planejamento Estratégico
  • Pós Graduação e MBA em Psicologia
  • Pós Graduação e MBA em Recursos Humanos
  • Pós Graduação e MBA em Saúde
  • Pós Graduação e MBA em Saúde da Família
  • Pós Graduação e MBA em Segurança no Trabalho
  • Pós Graduação e MBA em Segurança Pública e Inteligência
  • Pós Graduação e MBA em Serviço Social
  • Pós Graduação e MBA em Sociologia
  • Pós Graduação e MBA em Tecnologia da Informação
  • Pós Graduação e MBA em Teologia
  • Pós Graduação e MBA em Vendas
  • Formação Pedagógica (R2) em Educação
  • Segunda Licenciatura em Educação
  • Extensão em Administração
  • Extensão em Auditoria e Contabilidade
  • Extensão em Ciências Sociais
  • Extensão em Comunicação Social
  • Extensão em Contabilidade
  • Extensão em Direito
  • Extensão em Docência
  • Extensão em Economia
  • Extensão em Educação
  • Extensão em Educação Especial
  • Extensão em Educação Física
  • Extensão em Empresarial
  • Extensão em Enfermagem
  • Extensão em Engenharia
  • Extensão em Filosofia
  • Extensão em Finanças
  • Extensão em Fisioterapia
  • Extensão em Fonoaudiologia
  • Extensão em Gestão de Pessoas
  • Extensão em Gestão e Negócios
  • Extensão em Gestão Pública
  • Extensão em Idiomas
  • Extensão em Inteligência e Segurança
  • Extensão em Letras
  • Extensão em Logística
  • Extensão em Marketing
  • Extensão em Matemática
  • Extensão em Medicina Veterinária
  • Extensão em Meio Ambiente
  • Extensão em Novos
  • Extensão em Nutrição
  • Extensão em Psicologia
  • Extensão em Recursos Humanos
  • Extensão em Saúde
  • Extensão em Saúde da Família
  • Extensão em Segurança no Trabalho
  • Extensão em Segurança Pública e Inteligência
  • Extensão em Serviço Social
  • Extensão em Sociologia
  • Extensão em Tecnologia da Informação
  • Extensão em Teologia